sábado, 18 de maio de 2019

Festival das pipas e Matsuri em Hamamatsu


No fim de semana passado aconteceu em Hamamatsu o festival das pipas. Já gravei vídeo no ano passado, mostrando um pouco deste festival e hoje venho falar um pouco sobre ele. 




Todos os anos, no Yasumi (feriado) de maio, mais precisamente entre os dias 3 e 5, é realizado o festival das pipas. Neste momento, os japoneses comemoram o dia das crianças. 

Dois eventos são realizados na cidade de Hamamatsu, um deles é a “guerra das pipas”, localizado na praia de Nakatajima e no fim do dia, por volta de umas 4:30 alguns ônibus saem desta região para levar as pessoas para o centro da cidade, onde é realizado a segunda parte do evento que é o desfile de carros alegóricos.

Foto tirada em Nakatajima, 2017




Esta é a época mais agitada do ano na cidade de Hamamatsu. Os japoneses se preparam o ano inteiro para estes 3 dias. 

Para nós, brasileiros, é uma festa linda de se vê. O que chama mais atenção é a questão da organização e disciplina de todos os envolvidos. As disputas entre bairros na “guerra das pipas” não causam nenhuma briga é nem desconforto a ninguém. As ruas são fechadas em horários específicos e certos. É a época que os japoneses extravasam e bebem muito, mas, repito, aqui não vemos nenhuma briga nem discussão. Varias pessoas aproveitam para ganhar dinheiro com as barracas de venda de comidas e bebidas. 

Vale muito a pena você se programar para ver pelo menos uma vez esta grande festa.


domingo, 5 de maio de 2019

Festival paraense no Japão


E teve festa paraense neste feriadão aqui no Japão. O restaurante Cosmos, que tem em seu cardápio, comidas típicas do Pará, realizou no último domingo, 28 de abril, o décimo festival paraense. 



Eu fui e estava cheio. No evento tinha varias comidas do Norte, como: vatapá, maniçoba, tacacá, coxinha de carne de caranguejo, açaí, entre outros pratos salgados e doces.



 Para os paraenses residentes em Kikugawa e redondezas, foi um dia bom para confraternizar e poder lembrar um pouco de sua cultura.




Na decoração do restaurante pudemos encontrar algumas frases típicas da região norte, e mais especificamente, do Pará. Frases como “tu é leso”, “égua, doido” e “to brocado”, que fazem parte do linguajar paraense foram algo que se destacaram na festa, pois em cada canto que eu andava eu ouvia os paraenses explicando para os amigos sobre o significado de cada frase. 



Alguns japoneses também prestigiaram o festival e se encantaram com a riqueza cultural do Estado do Pará. E também teve muita música paraense e, claro, apresentação do carimbó, que é a dança típica da região.



Foi uma festa linda e nostálgica até mesmo para quem, assim como eu, não é paraense, pois podemos lembrar do nosso país e vê o quão rica é nossa cultura e nossos povos. Ficou curioso para saber como foi o festival? Assista o vídeo lá no canal Tyci Okabayashi


domingo, 7 de abril de 2019

Café da manhã Low Carb econômico


Às vezes temos uma certa dificuldade de encontrar dicas para um café da manhã saudável e rico, mas hoje te trago uma opção bem fácil de se fazer e que se enquadra perfeitamente em qualquer dieta, principalmente na Low Carb. 

Sabemos que na dieta low carb, como o próprio nome diz, a ingestão de carboidratos é a mínima possível, e que bom, pois esta é a dieta que eu consigo seguir, pois não preciso deixar de comer coisas maravilhosas como queijos e presunto. E aqui vai a nossa dica para o café da manhã econômico.



Ingredientes:

3 ovos
1 colher de margarina ou manteiga
1 tomate
100 gramas de queijo de sua preferência
1 fio de azeite
Sal a gosto
Orégano a gosto

O modo de preparo você pode vê no nosso vídeo do YouTube. Ah, se inscreva no canal Tyci Okabayashi e deixe seu like no vídeo para ajudar na divulgação de nosso canal.



Espero que tenha gostado. Todos os dia trago algo novo no blog. Então, até amanhã, até sempre.


sábado, 16 de março de 2019

Despesas mensais no Japão - Meu milhão no Japão


Tem muita gente curiosa para saber sobre despesas fixas aqui no Japão. Não é curiosidade sobre minha vida, mas as pessoas gostam de ter informações sobre o financeiro de quem vive em um país de primeiro mundo com um custo de vida altíssimo. E tem aqueles que querem viver por aqui e que ainda estão na dúvida de valer ou não a pena. Então foi com a intenção de satisfazer seus anseios sobre vida financeira no Japão que eu criei a série de vídeos e postagem no blog intituladas de “Meu milhão no Japão".




Hoje venho mostrar para vocês os meus gastos fixos e fazer as contas referente ao mês de fevereiro de 2019. Neste mês aqui em casa, eu e Mário, conseguimos receber, juntos, 350 mil ienes. Em janeiro, eu tive influenza A no início do mês e influenza B no final do mês. É minha gente as coisas não estavam fáceis por aqui. Já começar o ano desse jeito foi a “treva”, mas passamos e superamos e por conta disso eu trabalhei só 13 dias no mês de janeiro e portanto, recebi pouco.

Então tá, partindo do princípio de ter circulado por aqui os 350 mil ienes, vamos para as contas e gastos fixos que temos aqui em casa. Vou deixar aqui embaixo o quadro de gastos fixos para vocês poderem vê.




O valor do nosso aluguel é baixo, 19 mil ienes, pois moramos em uma kit, ou seja o nosso apato é bem pequeno, mas não me importo muito com isso no momento. Como somos só eu e Mário, sem filhos, sem pets, então sem problemas com espaço. Não pagamos estacionamento, a conta de água vem embutida no aluguel e vem um mês sim e outro não.

Quanto ao custo com carro, não temos muito, pois Mário trabalha bem perto de casa e eu vou de mukai para a fábrica, ou seja, o carro vem me buscar e me trazer aqui na porta de casa. Gente quando falo casa é só uma mania mesmo tá! Mas é o apato, a kit, como vocês quiserem chamar.  Voltando ao assunto gasolina, só usamos o carro aos domingos mesmo, pois trabalhamos de segunda a sábado.

Para os gastos com alimentação nós sempre reservamos 40 mil ienes e calculamos o valor de 10 mil ienes de gastos por semana. Às vezes pego bento na fábrica e que são descontados já no pagamento. O cartão de crédito nós nos policiamos para que os gastos não ultrapasse 50 mil ienes (o que já é muito). Usamos o cartão para comprar de produtos para casa, eu costumo usar em sites como AliExpress e Wish e às vezes também utilizamos para comprar algo nas lojas de conveniência por aqui. Sim gente, precisamos organizar um pouco mais este uso do cartão, mas por hora é isso.

Fizemos um seguro de vida que tem alguns benefícios no caso de internações, cirurgias e até morte. Fiz por vê vantagens, mas até agora, graças a Deus, não precisamos, mas estamos pagando. Este seguro eu coloco como investimento, pois vai que precisemos. Nunca se sabe né!?



É isso minha gente, se ficou alguma dúvida assista o vídeo no canal Tyci Okabayashi, se inscreva que toda sexta tem vídeo referente a vida financeira no Japão.



 
TYCI OKABAYASHI © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. DESIGN E PROGRAMAÇÃO POR DESIGNLC. imagem-logo